Mails para a minha Irmã

"Era uma vez um jovem vigoroso, com a alma espantada todos os dias com cada dia."

A Nova Era de "Mails para a minha Irmã"

Deixe um comentário

Nota: a foto tua que acompanha este texto é, propositadamente, a mais recente que tenho.

Querida mana,

incentivado por alguns amigos, de que destaco a Teresa, decidi republicar aqui todos os mails que te tinha escrito, enviado e publicado no “O Entroncamento”. Cumpri essa função e ainda se acrescentaram dois ou três originais. Ontem, a tarefa chegou ao fim e pensei seriamente se valeria a pena continuar. Se haveria temas. Se seria um projecto que me entusiasmasse. A verdade é que há poucas coisas que me entusiasmem mais do que escrever-te. A verdade é que haverá temas enquanto houver vida. A verdade é que a questão foi sempre falsa porque nunca quis fechar este blogue. De certa forma, não é ele que vive de mim, sou eu que vivo dele!

Não me comprometo com nenhuma periodicidade. Não me comprometo com nenhuma temática. Comprometo-me, só, a partilhar contigo, à medida que a vida for pedindo, as minhas memórias, as minhas reflexões, as críticas, os elogios… tudo o que vida me suscitar e eu considerar que valha o esforço de alinhavar umas quantas carreirinhas de palavras.

Tudo isto vive de um paradoxo: ser profundamente autobiográfico e, por isso, pessoal e, simultaneamente, ser público.

Haverá, inevitalmente, uma mise en place de realidade, ficção, caras, máscaras, provocações, ironias, genuinidade… enfim, uma mistura explosiva de ingredientes que tornam a vida interessante para além da fluência inevitável do tempo…

Se quiseres, posto em linguagem de manos, quero que a minha escrita envelheça contigo. Mereces isso e tudo o resto…

Farei uma inovação: vou colocar aqui ao lado um dispositivo onde os leitores deste cantinho (que estão a aumentar!!!) possam sugerir temas de escrita…

Hoje, quis só marcar o dia em que começamos a escrever a escrita do presente. Não são já republicações contextualizadas: são a vida ou… a baba dela.

Beijo amigo,
Mano.

Anúncios

Autor: mailsparaaminhairma

Desenho ilusões com palavras. Sinto com palavras. Expresso com palavras. Escrevo. Sempre. O resto, ou é amor, ou é a vida a consumir-me! Há tão poucas coisas que valem a pena um momento de vida. Há tão poucas coisas por que morrer. Algumas pessoas. Outras tantas paixões. Umas quantas ilusões. E a escrita. Sempre as palavras... jpvideira https://mailsparaaminhairma.wordpress.com

Este é um blogue de fruição do texto. De partilha. De crítica construtiva. Nessa linha tudo será aceite. A má disposição e a predisposição para destruir, por favor, deixe do lado de fora da porta.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s