Mails para a minha Irmã

"Era uma vez um jovem vigoroso, com a alma espantada todos os dias com cada dia."

De Negro Vestida – XVIII

Deixe um comentário

 

Rupturas – III

Aquela pergunta foi como um clarão de luz rompendo a escuridão. Antes de proporcionar a visão faz doer e cega e confunde quem estava mergulhado no breu. Mais do que as palavras era o escuro do caminho, a falta de referências no lugar que o deixava perdido, perto de encontrar-se. E encontrou-se, e identificou aquela roupa íntima noutras intimidades, noutros contextos, noutros mundos. Aqui, onde está, no seu quarto, tudo está certo e no lugar apropriado, excepto a semi-descoberta Maria de Lurdes e a lingerie negra que não é sua. Num repente, num momento, procurou o caminho que aquela roupa teria percorrido até chegar ali. Procurou os porquês, tentou vislumbrar os contactos, a mente voou-lhe, depois, para a possibilidade de terem conversado uma com a outra. Será que se conheciam? E, sem se aperceber, Carlos Manuel ficou onde Maria de Lurdes o queria. No lugar da vulnerabilidade. No espaço das perguntas a invadirem-lhe, velozes, a mente e no desespero das respostas que não vinham, na inexplicabilidade daquela revelação. Nem conseguiu concentrar-se nas consequências. De certo que as haveria.

————————————————–

O Romance “De Negro Vestida” foi publicado, capítulo a capítulo, neste blogue, entre 26 de janeiro de 2010 e 22 de abril de 2011.

Agora que conhecerá outros voos, nomeadamente, a publicação em livro, deixamos aqui um excerto de cada capítulo e convidamos todos os amigos e leitores a adquirirem o livro.

Obrigado pela vossa dedicação.

Setembro de 2013

João Paulo Videira

————————————————–

Anúncios

Autor: mailsparaaminhairma

Desenho ilusões com palavras. Sinto com palavras. Expresso com palavras. Escrevo. Sempre. O resto, ou é amor, ou é a vida a consumir-me! Há tão poucas coisas que valem a pena um momento de vida. Há tão poucas coisas por que morrer. Algumas pessoas. Outras tantas paixões. Umas quantas ilusões. E a escrita. Sempre as palavras... jpvideira https://mailsparaaminhairma.wordpress.com

Este é um blogue de fruição do texto. De partilha. De crítica construtiva. Nessa linha tudo será aceite. A má disposição e a predisposição para destruir, por favor, deixe do lado de fora da porta.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s