Mails para a minha Irmã

"Era uma vez um jovem vigoroso, com a alma espantada todos os dias com cada dia."

De Negro Vestida – XXV

4 comentários

 

Solidão – VI

Carolina Maria terminou o banho, seu retempero do corpo e da alma. Para si a água quente e o perfume do gel são bálsamos que limpam e acariciam e este ritual é um espaço de reflexão. Fecha-se no círculo que a água desenha tombando do chuveiro. Não ouve nada. Não sente nada a não ser o calor da água massajando-lhe o corpo. E pensa. E revive as tristezas, as alegrias, os pormenores. Hoje está voltando à biblioteca, ao jantar, às mãos largas e aos cabelos encaracolados. Acaricia-se levemente como que para senti-los mas depressa percebe a ilusão e a insatisfação com ela. Pára. Fica-se pelo rememorar delicioso que nestas coisas, ainda para mais sendo-se mulher, a mente pode mais do que o corpo. Termina o banho. Limpa-se. Faz o périplo dos cremes e vai à cozinha.

————————————————–

O Romance “De Negro Vestida” foi publicado, capítulo a capítulo, neste blogue, entre 26 de janeiro de 2010 e 22 de abril de 2011.

Agora que conhecerá outros voos, nomeadamente, a publicação em livro, deixamos aqui um excerto de cada capítulo e convidamos todos os amigos e leitores a adquirirem o livro.

Obrigado pela vossa dedicação.

Setembro de 2013

João Paulo Videira

————————————————–

Anúncios

Autor: mailsparaaminhairma

Desenho ilusões com palavras. Sinto com palavras. Expresso com palavras. Escrevo. Sempre. O resto, ou é amor, ou é a vida a consumir-me! Há tão poucas coisas que valem a pena um momento de vida. Há tão poucas coisas por que morrer. Algumas pessoas. Outras tantas paixões. Umas quantas ilusões. E a escrita. Sempre as palavras... jpvideira https://mailsparaaminhairma.wordpress.com

4 thoughts on “De Negro Vestida – XXV

  1. Minha querida Delfina, a minha parte está feita. enviei “Estórias ao Acaso: Noite Fria” para uma dezena de editoras após ter registado o título e o conteúdo. Passaram já uns três meses e nada. Não vou desistir mas estou a usar o tempo com “De Negro Vestida” que ainda terá uns meses de escrita pela frente antes de estar concluído.
    Claro que, se tu fosses um editor, eu já estava publicado mas isso são os teus olhos amigos a olhar para os meus escritos. Beijo grande. João Paulo.

    Gostar

  2. O que me incomoda não é o nome Carolina Maria, mas sim o facto de não editares os teus escritos… a web é um mundo fantástico, mas não há nada como folhear, cheirar e saborear o prazer de um livro…

    Gostar

  3. Sim, Ana, é esse o nome da personagem.

    Confronte-se com capítulo III em http://mailsparaaminhairma.blogspot.com/2010/01/de-negro-vestida-iii.html

    Ou, pura e simplesmente, não gostaste do nome? hihihih

    João Paulo Videira

    Gostar

  4. JP, Carolina Maria?

    Gostar

Este é um blogue de fruição do texto. De partilha. De crítica construtiva. Nessa linha tudo será aceite. A má disposição e a predisposição para destruir, por favor, deixe do lado de fora da porta.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s