Mails para a minha Irmã

"Era uma vez um jovem vigoroso, com a alma espantada todos os dias com cada dia."

O Céu a meus pés.

2 comentários

Viver no Ribatejo tem destas coisas: há de tudo um pouco. Até milagres. Esta manhã aconteceu-me algo miraculoso. O miúdo anda a estudar as noites inteiras. De manhã, antes de ir descansar gosta de desanuviar. Normalmente vamos dar uma voltinha pela serra, contemplar e descansar a alma. Outras vezes, vamos ver o mar. Hoje, por volta das 7h saímos para o pequeno-almoço mais o dito passeio. Resolvi arriscar por uns caminhos mais distantes e por umas estradas mais escusas. E que encontrámos? O que as imagens documentam. A prova provadinha de que há céu na terra! É preciso ser-se um tipo muito sortudo para viver a 30 minutos do céu. Pois se até Cristo levou três dias! Quem quiser saber exactamente onde fica o local é só perguntar via comentário ou mail. E por agora nada de mais palavras que as imagens falam por si!

“Despertar” “Um mar de céu”
“O céu a meus pés”
“Céu com terra ao fundo”
“Rolando nas nuvens”
“Quixote”
” ‘De Negro Vestida’ no céu”
“Revelação”
Anúncios

Autor: mailsparaaminhairma

Desenho ilusões com palavras. Sinto com palavras. Expresso com palavras. Escrevo. Sempre. O resto, ou é amor, ou é a vida a consumir-me! Há tão poucas coisas que valem a pena um momento de vida. Há tão poucas coisas por que morrer. Algumas pessoas. Outras tantas paixões. Umas quantas ilusões. E a escrita. Sempre as palavras... jpvideira https://mailsparaaminhairma.wordpress.com

2 thoughts on “O Céu a meus pés.

  1. Olá anónimo. Andamos por aqui ao mesmo tempo! Aquilo é uma borboleta. Na altura em que me tiraram a foto eu não vi nenhuma das duas: nem a borboleta, nem que estavam a tirar a foto. Logo, não estou a persegui-la embora pareça. Pode clicar na foto para ampliar o tamanho. O que eu contei, mas não consegui fotografar, foram cerca de 12 casais de milhafres enormes a pairar sobre as nuvens… delicioso.
    Abraço e volte sempre.

    Gostar

  2. Oi JP, aquilo à tua frente na foto “O céu a meus pés” é o quê? És mesmo um sortudo1

    Gostar

Este é um blogue de fruição do texto. De partilha. De crítica construtiva. Nessa linha tudo será aceite. A má disposição e a predisposição para destruir, por favor, deixe do lado de fora da porta.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s