Mails para a minha Irmã

"Era uma vez um jovem vigoroso, com a alma espantada todos os dias com cada dia."

Personagens

Deixe um comentário

Personagens

Não há medida
Para a dimensão da alegria
De andar um homem vagueando
Pela noite escura
E fria.
Andou à tua procura
E queria
Só amar-te.
E estavas sentada,
Recostada na espera e no conforto,
E sorriste à chegada
De seu corpo de desejo,
De seu coração absorto.
E disseste Vem
E o homem na noite
Fez-se teu.
Renasceu.
E houve vida e luz
E músicas no ar
E orações a Jesus
E fez-se uma sinfonia de amar.
E correram
Encarnados sensuais pelo quarto.
E pediste tudo.
E o homem quis dar-to.
Paira um sussurro suspirado,
Um adeus furtivo,
Um beijo atirado.
Ainda agora estava em ti, o homem,
Já agora se anuncia a distância.
Um último olhar,
Um último adeus,
Um último desejar
Morrer nos braços teus.
É isto tão intenso
O que o teu amor produz,
Fica o amor suspenso,
E o homem mergulha na noite sem luz.

jpv

Advertisements

Autor: mailsparaaminhairma

Desenho ilusões com palavras. Sinto com palavras. Expresso com palavras. Escrevo. Sempre. O resto, ou é amor, ou é a vida a consumir-me! Há tão poucas coisas que valem a pena um momento de vida. Há tão poucas coisas por que morrer. Algumas pessoas. Outras tantas paixões. Umas quantas ilusões. E a escrita. Sempre as palavras... jpvideira https://mailsparaaminhairma.wordpress.com

Este é um blogue de fruição do texto. De partilha. De crítica construtiva. Nessa linha tudo será aceite. A má disposição e a predisposição para destruir, por favor, deixe do lado de fora da porta.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s