Mails para a minha Irmã

"Era uma vez um jovem vigoroso, com a alma espantada todos os dias com cada dia."

"Com Amor," – Documento 63

Deixe um comentário

Laurita,

Choquinhos na “Toca”? Aprovado! Passas por aqui? Passo por aí?

Os homens são uns trastes. Devias ter feito como eu. Nunca me casei porque nunca confiei na espécie. Estás tu a ver aquela minha amostra de namorado… com mais de quarenta anos e ainda não tem a certeza de querer assumir um compromisso. Então vai assumi-lo quando? Em vésperas do seu próprio funeral? Vive lá no cabo do mundo, visita-me de três em três meses, declara-se apaixonado, fazemos amor – nisso ele é bom – e vai-se de novo. E eu aqui, à espera.

Um dia destes viro-me para as gajas! Dizem que a pele é mais suave. Li numa revista na sala de espera do dentista!!!
Na “Toca”!

Bjs.
Madalena.

Anúncios

Autor: mailsparaaminhairma

Desenho ilusões com palavras. Sinto com palavras. Expresso com palavras. Escrevo. Sempre. O resto, ou é amor, ou é a vida a consumir-me! Há tão poucas coisas que valem a pena um momento de vida. Há tão poucas coisas por que morrer. Algumas pessoas. Outras tantas paixões. Umas quantas ilusões. E a escrita. Sempre as palavras... jpvideira https://mailsparaaminhairma.wordpress.com

Este é um blogue de fruição do texto. De partilha. De crítica construtiva. Nessa linha tudo será aceite. A má disposição e a predisposição para destruir, por favor, deixe do lado de fora da porta.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s