Mails para a minha Irmã

"Era uma vez um jovem vigoroso, com a alma espantada todos os dias com cada dia."

O Clã do Comboio – O Fim de um Ciclo

16 comentários

O Fim de um Ciclo

Está a chegar ao fim, na minha vida, a fase do Clã do Comboio. Penso que até ao final deste mês farei mais uma dúzia de viagens e depois termino um ciclo.

E trazia isto na cabeça pensando como fecharia, por agora, uma vez que nunca sabemos o que o futuro nos reserva, a secção deste maravilhoso Clã. E o Destino, ajudado por amigos inesquecíveis, trouxe-me o motivo perfeito para a 120ª história do Clã do Comboio.

Entrei, com a Rapariga do Brinco de Pérola, no regional das 18:48 para regressar a casa. Percorremos os seis minutos que separam Santa Apolónia do Oriente e aí entraram de forma inusitada e inesperada diversos amigos do Clã do Comboio, daqueles que animaram muitas destas crónicas no interregional das 7:18, daqueles que me proporcionaram verdadeiros momentos de companheirismo e cumplicidade.

Juntaram-se ao Escritor e à Rapariga com Brinco de Pérola, a Senhora da Revista de Culinária, a Senhora das Caralhotas e sua sensual e generosa amiga, o Rapaz do Fato Cinzento e ainda um Tipo Careca a que a Gente Chama Álvaro.

Revisitámos momentos em conjunto, dissemos as maluqueiras todas que havia para dizer, tirámos fotos uns aos outros e a algumas passageiras de invejável porte, incomodámos a senhora que ia a estudar o Código da Estrada e se riu connosco e rimos, rimos em conjunto, rimos uns com os outros e uns dos outros como sempre, saudavelmente, conseguimos fazer.

Há dois anos não nos conhecíamos e hoje já sinto uma saudade imensa por saber que não vou reencontrá-los aqui e ali no meu quotidiano. Reinventámos o prazer de nos deslocarmos para o trabalho e do trabalho. Festejámos a bordo, fizemos saídas rápidas às ginginhas e aos coiratos, almoços, jantares, lanches, fomos a feiras de gastronomia, a feiras, ao cinema, etc. etc. etc. Tem sido uma vivência partilhada nos melhores e nos piores momentos de cada um e de todos nós. Gostei de conhecer estas pessoas maravilhosas. Faria tudo de novo. E gosto de pensar em mim como o rastilho que provocou esta explosão de amizade. Mais nada. Depois, a responsabilidade foi de todos nós. Uma responsabilidade especial: a de mostrar o Ser Humano no seu melhor.

Para além das personagens de ocasião, recordo com emoção, como se escrevesse os créditos de um filme, um daqueles que ganha o Óscar:
A Mulher Vampiro
O Aluno do Escritor
A Rapariga do Riso Fácil
O Mano da Rapariga do Riso Fácil
A Prima da Rapariga do Riso Fácil
A Senhora da Provecta Idade
A Mamã das Duas Crianças
O Rapaz do Fato Cinzento
A Rapariga Com Brinco de Pérola
A Senhora da Revista de Culinária
O VM
O RB
A Esposa do RB
O JJ
O JA
A PL
O Senhor da Mala Térmica
A Senhora das Caralhotas e sua Sensual e Generosa Amiga
A Setôra
O Cunhado da Setôra
O Ceguinho
O Músico
O Américo
Um Tipo Careca a que a Gente Chama Álvaro
A Vê
A Rapariga das Palavras Fáceis
O Iago mais Velho
O Pequeno Iago
A Mana do Escritor
A Titi e Sua Excelsa Companhia

E tantos outros que nos fizeram companhia de forma breve, mas que, mesmo assim, ficaram nas nossas memórias. Sim, todos sabemos que houve pessoas que nos marcaram mesmo só com uma viagem… ainda me lembro de quando o VM se encolheu todo enquanto uma passageira lhe explicava como tinha esfaqueado uma batata a pensar no marido… livra!
De resto, as histórias do Clã do Comboio vão continuar a ser contadas pela Dulce Morais no Crazy 40 Blog na secção “O Clã do Comboio Segundo Dulce Morais”. Sim, isto não acaba aqui…

A todos, uma palavra de sincera amizade, uma nota da minha gratidão e um emocionado “Até já!”. A gente vê-se, não tarda nada, numa esquina da vida. Quanto mais não seja no lançamento… sim, estamos a pensar nisso!

Obrigado, amigos, muito obrigado!

jpv, o Escritor (também conhecido como o Explicador da Classe Operária!)
Excecionalmente e sem identificar ninguém, aqui ficam algumas imagens do Clã do Comboio

Anúncios

Autor: mailsparaaminhairma

Desenho ilusões com palavras. Sinto com palavras. Expresso com palavras. Escrevo. Sempre. O resto, ou é amor, ou é a vida a consumir-me! Há tão poucas coisas que valem a pena um momento de vida. Há tão poucas coisas por que morrer. Algumas pessoas. Outras tantas paixões. Umas quantas ilusões. E a escrita. Sempre as palavras... jpvideira https://mailsparaaminhairma.wordpress.com

16 thoughts on “O Clã do Comboio – O Fim de um Ciclo

  1. Isto não é um adeus! Diz antes um até já, podemos não nos ver todos os dias como antes, mas quando nos juntamos é ramboia garantida, é como se as viagens todos juntos nunca acabassem… Aguardo para breve um convivio em grande deste fantástico grupo, do qual eu tenho muito orgulho de fazer parte….

    Beijinhos para quem quer beijinhos e abraços para quem precisa de abraços.

    Gostar

  2. Olá “Estranha”! Espero que a vida te sorria onde quer que estejas. Fizeste parte desse imaginário e entraste para a minha poesia. Eras uma presença serena e envolta em mistério que não esqueceremos. Grato pelo teu comentário. Um grande beijinho, Escritor.

    Gostar

  3. Olá João. É uma pena não mais poder ler as histórias do clã com quem durante uns meses partilhei espaço. Deixei de fazer parte da linha mas, imaginar-vos a viver cada uma das situações descritas, colocava-me temporáriamente no Entroncamento em que fui feliz. Por isto, obrigada. Beijo, “A Estranha”.

    Gostar

  4. Também eu agradeço a referência à “A Titi e Sua Excelsa Companhia”, pois afinal de contas e de alguma maneira assisti a algumas das vossas viagens, embora do lado de fora.

    Tenho pena que nos vá deixar, pois, embora por aquilo que entendo seja por motivos profissionais, espero que continue sempre a dar novidades suas e a deliciar-nos com a sua escrita neste seu blog.

    Um grande abraço

    JP

    Gostar

  5. Olá Ivani, foi tudo sentido e muito sincero. Como sabe, a ISA e o seu blogue têm o astral perfeito…
    ————
    Olhe, se ajudar, o romance aqui no blogue tem um índice por capítulos. Aliás, eu faço índice de tudo… é mania mesmo. Adorei conhecê-la. Obrigado por suas palavras tão atenciosas e simpáticas. jpv

    Gostar

  6. Olá João Paulo, começo pedindo desculpas pela demora em visita-lo. Conheci voce através do blog da Isa, e nao tinha visto sua adorável resposta para mim. Vi apenas hoje, porque meu computador está com problemas. Aliás não consigo abrir “de negro vestida”. Tentei muito abrir antes de fazer esse comentario mas não consegui. Como disse, estou com problemas por aqui, preciso esperar resolve-los.
    Quanto ao comboio sinto-me como se “pegasse o bonde andando”. Usamos essa expressão para dizer que não sabemos muito bem de onde veio nem para onde vai.
    Deve ter sido uma delicia acompanhar voces, vou procurar ler mais para ficar inteirada.
    Obrigada novamente pela resposta lá na Isa, assim que minha máquina melhorar eu volto.
    Seu blog é muito bonito, alto astral, adorei vir aqui.
    Um abraço com carinho.

    Gostar

  7. Muito Grato pela sua simpatia e pela sua generosidade. Um abraço e volte sempre. jpv

    Gostar

  8. Parabéns!

    Belíssima a sua escrita!

    A Isa E. tinha razão, foi uma excelente partilha a dela.

    Um belo clã!

    Abraços

    Gostar

  9. Olá, Célia! Obrigados, nós, pelas tuas leituras e comentários. Outras histórias surgirão. Beijinho. jpv.

    Gostar

  10. Muito obrigada pela companhia que o Clã do Comboio me fez, ainda que virtualmente! Viajei em pensamento e ri muito! Beijinho especial para o Escritor, pintor de e com palavras!

    Gostar

  11. Olá, Senhora da Revista de Culinária! Espero que sim. Sei que sim. Obrigado, eu, por tudo… até pelos cartões… hahaha… beijinhos, jpv.

    Gostar

  12. Acredito que nos iremos encontrar numa esquina por aí…OBRIGADA!!!
    MIL BEIJOS

    Gostar

  13. Acredito que iremos continuar a nos encontrar numa esquina por aí…OBRIGADA!!!!
    MIL BEIJOS

    Gostar

  14. Muito Obrigado pelas tuas palavras, Rapariga do Brinco de Pérola. Foste ums inspiração ao longo destes dois anos.

    —————–

    Olá ISA. Estas são as almas boas que inspiraram as personagens. E são bons amigos. Grato pelo seu comentário. Abraço grande.

    Gostar

  15. Adorei ver as imagens do clã, João!
    Um presente para quem já se deliciava com as histórias e personagens!
    Um grande abraço!

    Gostar

  16. A amizade atravessa não só os anos, mas também os continentes e oceanos! O Clã continuará a encontrar-se e a viver novas aventuras, mas sentirá a ausência do Escritor.
    Obrigada pelas gargalhadas, pela boa disposição e pelas histórias que relatam as aventuras deste grupo único!
    Beijinho.

    Gostar

Este é um blogue de fruição do texto. De partilha. De crítica construtiva. Nessa linha tudo será aceite. A má disposição e a predisposição para destruir, por favor, deixe do lado de fora da porta.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s