Mails para a minha Irmã

"Era uma vez um jovem vigoroso, com a alma espantada todos os dias com cada dia."

Orvalhada

6 comentários

Orvalhada

Manhã fresca
E perfumada,
Roseira singela
Gotejando da orvalhada.
Vida transparente,
Verde fresco,
Folha vertente.
Sopra, a brisa,
Os odores
Em profusão.
Cheira a terra,
Brota essência,
O Chão.

E vivo.
E renasço.
E tenho saudades
De ter partido.
É esta terra húmida,
É este chão,
É esta chuva,
Que me dá sentido.

Caminho descalço
E sinto a água lavar-me
Os pecados.
É fresca e límpida.
Veio do Céu,
Gotejando milagres,
Fecundar os rasgos semeados.

E vejo nisto
Um renascer,
Um ciclo que recomeça,
A força de viver
Na luz que atravessa
Cada gota que brilha
E promete
O Sol que reflete.

Tenho no peito
A esperança renovada
Porque é fresca, a manhã,
E perfumada!

jpv

Anúncios

Autor: mailsparaaminhairma

Desenho ilusões com palavras. Sinto com palavras. Expresso com palavras. Escrevo. Sempre. O resto, ou é amor, ou é a vida a consumir-me! Há tão poucas coisas que valem a pena um momento de vida. Há tão poucas coisas por que morrer. Algumas pessoas. Outras tantas paixões. Umas quantas ilusões. E a escrita. Sempre as palavras... jpvideira https://mailsparaaminhairma.wordpress.com

6 thoughts on “Orvalhada

  1. Por isso gosto tanto das manhãs…
    A esperança sempre chega com um novo dia.

    Gostar

  2. Obrigado pelo gentil comentário, Ana. Volte sempre que será muito bem-vinda e recebida! Beijinho, jp.

    Gostar

  3. …antes de mais parabéns pelo blog, ainda só tive tempo de dar uma olhadela rápida mas já fiquei fã é simplesmente maravilhoso, vou seguir e quando tiver mais tempo prometo voltar com “olhos de ver” 🙂
    Quanto a este post…sou fã incondicional de poesia e apesar de não ser perita no assunto adorei o poema.

    Gostar

  4. Obrigado, Mariana, muito gentil comentário. Ainda bem que fez sentido para você.

    Beijinho D!

    Às duas: já hoje andei a espreitar os vossos cantinhos!

    Gostar

  5. Puro e fresco. Adorei!

    Gostar

  6. Lindo é simples!! É disso que eu gosto, ver beleza na simplicidade, ver além… Sei lá amei esta singela poesia, me tocou fundo neste momento de minha vida, um ciclo que se fecha e outro que abre…

    Gostar

Este é um blogue de fruição do texto. De partilha. De crítica construtiva. Nessa linha tudo será aceite. A má disposição e a predisposição para destruir, por favor, deixe do lado de fora da porta.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s