Mails para a minha Irmã

"Era uma vez um jovem vigoroso, com a alma espantada todos os dias com cada dia."

Crónicas de Maledicência – O Maior Espetáculo do Mundo

Deixe um comentário

2014-FIFA-World-Cup-Brazil

Crónicas de Maledicência – O Maior Espetáculo do Mundo

Depois das manifestações, depois das especulações, depois de se ter garantido que tudo iria correr mal, a festa vai começar.

Começa hoje o mais vasto, o mais visto, o mais apaixonante e aquele que é, financeiramente, o mais volumoso espetáculo do mundo.  É evidente que há opções questionáveis. É evidente que, ao mesmo tempo que organiza espetáculos com esta dimensão, o Ser Humano não resolve as suas assimetrias, não soluciona os problemas culturais, sociais e ambientais.

Mas, será que se nos concentrássemos exclusivamente em resolver os problemas e não déssemos espaço à realização dos nossos eventos, à expressão da nossa cultura, os problemas se resolveriam? E em que medida valeria a pena resolvê-los? Por comparação, a indústria livreira deve ser das maiores responsáveis pelo abate de árvores e, contudo, alguém equaciona a possibilidade de pararmos de fazer livros?

A Humanidade está a enfrentar problemas sérios e tem de o fazer, mas não pode abandonar-se à esterilização da sua existência. Como já muita gente disse, o futebol é uma religião. Um lenitivo para os problemas do quotidiano e a perspetiva de ver em confronto nações e culturas dos quatro cantos do mundo encerra em si um interesse antropológico magnetizante. Entusiasmante. Conheço muitas pessoas que não sentem grande interesse pelo futebol, mas sempre que há torneios que envolvem seleções como sejam um mundial, um europeu ou a CAN, vestem as suas cores e torcem pela sua nação.

Além disso, o futebol é divertido. Há o interesse do jogo e há, à volta do jogo, uma multiplicidade de aspetos mais ou menos folclóricos que atraem e entusiasmam as pessoas.

Espero que a organização esteja à altura. O Brasil merece isso. Espero que haja jogos fantásticos. Espero que Portugal ganhe e, não ganhando Portugal, espero que os nossos irmãos brasileiros arrecadem a Jules Rimet! Espero que as pessoas se entusiasmem com o torneio. A verdade, gostemos ou não, é que o mundo vai parar por um mês! Tudo vai ser relativizado. Quem quer saber da dívida externa ou do buraco do ozono no dia em que o Brasil e a Croácia abrem o espetáculo dos espetáculos? E não há nisso qualquer maldade ou insensibilidade. É que a bola vai rolar e a Humanidade vai tirar férias da sua enfadonha vida de sempre.

Que ganhe o melhor!

Tenho dito!
jpv

Anúncios

Autor: mailsparaaminhairma

Desenho ilusões com palavras. Sinto com palavras. Expresso com palavras. Escrevo. Sempre. O resto, ou é amor, ou é a vida a consumir-me! Há tão poucas coisas que valem a pena um momento de vida. Há tão poucas coisas por que morrer. Algumas pessoas. Outras tantas paixões. Umas quantas ilusões. E a escrita. Sempre as palavras... jpvideira https://mailsparaaminhairma.wordpress.com

Este é um blogue de fruição do texto. De partilha. De crítica construtiva. Nessa linha tudo será aceite. A má disposição e a predisposição para destruir, por favor, deixe do lado de fora da porta.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s