Mails para a minha Irmã

"Era uma vez um jovem vigoroso, com a alma espantada todos os dias com cada dia."

João Paulo Videira

jpvideira

Atualmente a viver em Maputo e a trabalhar na Escola Portuguesa de Moçambique, João Paulo Videira nasceu em outubro de 1967 na localidade de Gabela, Angola, onde viveu até 1975, altura em que se mudou para Coimbra, terra natal de seu pai. Formou-se em Línguas e Literaturas Clássicas e Portuguesa pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra em 1990 e viria a defender a tese de mestrado na mesma faculdade em 2006 com o título de “Escrita Intimista e Discurso do Eu: Perfil Autobiográfico de Manuel Laranjeira”. Casou em 1988 e desde 1990 que é professor de Língua Portuguesa do Ensino Básico e Secundário na Escola Secundária de Alcanena.

Desde cedo se interessou pela formação de professores e pelo recurso às tecnologias de informação e comunicação na prática educativa em geral e na didáctica da Língua Portuguesa em particular. Assim, é Formador de professores desde 1995 e  foi co-autor de diversos  cursos de formação de professores a distância promovidos pelo então Departamento do Ensino Secundário.

Co-autor do Referencial de Competências-Chave de Nível Secundário, DGFV, ME. Co-autor do Guia de Operacionalização do Referencial de Competências-Chave de Nível Secundário, DGFV, ME. Co-autor das Unidades de Formação de Curta Duração para os cursos EFA, ANQ, ME, MTSS.

Dirigente Sindical entre junho de 2003 e outubro de 2010, foi membro da Direção do Sindicato dos Professores da Grande Lisboa e do Secretariado Nacional da FENPROF, funções que viria a abandonar tendo assumido, em dezembro de 2010 as funções de Diretor de Serviços de Formação dos Recursos Humanos da Educação na Direção-Geral dos Recursos Humanos da Educação – Ministério da Educação.

Em maio de 2009 criou o blogue “Mails para a minha Irmã” onde, com regularidade, tem vindo a publicar a sua produção escrita.

—————————————

2 thoughts on “João Paulo Videira

  1. Peço ajuda.
    Tenho os números 1 e 2 da revista ORION. Onde poderei encontrar o nº 3?
    Cumprimenta
    Fernando Lima

    Gostar

    • Bom dia. Muito obrigado pelo seu contacto. Que belo projeto me veio trazer à memória.
      Eu conduzi os trabalhos dos números 1 e 2. Depois a gestão da revista passou para outra pessoa que já não consigo saber quem é.
      Ainda tenho alguns do número 3. Posso tentar encontrar lá em casa e enviar-lhe, mas só no Natal. Eu vivo em Moçambique e tudo isso está em Portugal.

      Posso saber como teve conhecimento? De onde lhe vem o interesse?

      Um abraço,

      João Paulo Videira

      Gostar

Este é um blogue de fruição do texto. De partilha. De crítica construtiva. Nessa linha tudo será aceite. A má disposição e a predisposição para destruir, por favor, deixe do lado de fora da porta.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s